Dois jogadores do RB Salzburg testam positivo em controle antidoping

·1 minuto de leitura
Lance da partida entre RB Salzburg e Atletico Madrid pela Liga dos Campeões, em 9 de dezembro de 2020.

Dois jogadores do Red Bull Salzburg, que também atuam pela seleção do Mali, testaram positivo em um exame de doping realizado pela Uefa três dias antes do jogo da Liga dos Campeões contra o Bayern de Munique, informou o clube austríaco na terça-feira.

"Mohamed Camara e Sekou Koita estiveram por dez dias com o Mali para enfrentar a Namíbia, antes de registrar um teste positivo em 22 de novembro de 2020 - alguns dias após seu retorno a Salzburgo - como parte de um exame de controle realizado pela Uefa", segundo comunicado da equipe da Áustria.

O meia Camara e o atacante Keita afirmam que a equipe médica que trabalha para a seleção do Mali administrou um remédio para combater os efeitos da altitude para disputar uma partida das eliminatórias da Copa Africana das Nações (CAN), segundo o clube.

Especificamente antes da vitória por 2 a 1 em 17 de novembro contra a Namíbia, que permitiu ao Mali se classificar para a CAN. O duelo foi realizado na capital Windhoek, localizada a cerca de 1.700 metros de altitude.

Embora esteja "muito orgulhoso de que (seus) jogadores estejam sendo convocados para suas seleções", o presidente do Red Bull Salzburg, Stephan Reiter, disse esperar que o apoio médico esteja "de acordo com os padrões internacionais, com médicos que conheçam as regras".

Thomas Hollerer, secretário-geral da Federação Austríaca de Futebol, declarou na terça-feira que a federação estava em contato com "todas as partes envolvidas".

Ambos os jogadores vão continuar a treinar com a equipe, enquanto o Salzburgo procura "receber uma explicação completa do que aconteceu no Mali", segundo o comunicado.

deh/jsk/bg/clv/fbx/gh/lca