Polícia alemã inspeciona 39 residências de ultras e hooligans

EFE

Berlim, 9 mar (EFE).- A polícia alemã inspecionou 39 residências de ultras e hooligans em diversos lugares do país nesta sexta-feira como parte de investigações sobre incidentes que ocorreram após uma partida entre Werder Bremen e Mainz 05 em dezembro do ano passado.

Segundo uma porta-voz da polícia, os imóveis revistados se encontram em Bremen, Essen, Dortmund e em várias cidades do estado federado de Baixa Saxônia.

Após o empate em 2 a 2 em Bremen, um grupo de torcedores ultras do time da casa entraram em um bar e agrediram várias pessoas, possivelmente pertencentes ao mundo dos hooligans próximos aos neonazistas.

O ataque deu origem a uma briga na qual foram utilizadas cadeiras e pés das mesas do local como armas. Diversas pessoas ficaram feridas.

Após os incidentes, a polícia de Bremen abriu uma investigação na qual encontrou pistas que levaram a outros lugares do país, onde grupos de hooligans e ultras colaboram com os torcedores violentos do Werder Bremen.

A polícia considera que os incidentes não tiveram participação dos torcedores do Mainz 05, cuja maior parte já tinha saído da cidade no momento da briga. EFE


Leia também