DM mais vazio: Léo, Stênio e Arthur Caike são liberados para treinar

Valinor Conteúdo
·1 minuto de leitura


O Cruzeiro informou que três jogadores deixaram o departamento médico do clube e em breve, estarão à disposição de Luiz Felipe Scolari. O zagueiro Leo e os atacantes Arthur Caíke e Stênio foram liberados iniciarem trabalhos físicos na Toca da Raposa II.

Stênio, de 17 anos, era jogador que estava afastado há mais tempo, desde 20 de agosto, após ser submetido a uma cirurgia no ombro. Ele jogou pela última vez pela Raposa na derrota celeste por 1 a 0 para a Chapecoense, no Mineirão.

Já Léo não estava em condições desde o dia 19 de setembro, em outra derrota, para o CSA por 3 a 1, pela 10ª rodada da Série B. O defensor se tratou de um edema ósseo no joelho direito. Por fim, o atacante Arthur Caíke, se lesionou no duelo contra o Náutico, há duas semanas, e se recuperou de um estiramento muscular na coxa direita.

Com o trio na fase de preparação física, a Raposa deverá ter os jogadores para os dois próximos jogos do Cruzeiro, contra Figueirense e Chapecoense.