Djokovic vence Nadal e enfrentará Tsitsipas na final de Roland Garros

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Torneio de Roland Garros
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

PARIS (Reuters) - O sérvio Novak Djokovic, número um do mundo, venceu de virada o rei do saibro Rafael Nadal por 3-6, 6-3, 7-6 (4) e 6-2 nas semifinais em Roland Garros nesta sexta-feira e disputará o título contra o jovem grego Stefanos Tsitsipas.

Esta foi apenas a terceira vez que o espanhol foi derrotado no Grand Slam em Paris desde sua estreia em 2005.

Nadal, buscando seu 14º título no Aberto da França, venceu os primeiros cinco games da partida e parecia estar a caminho de repetir a vitória sobre o sérvio na final do ano passado.

Mas Djokovic venceu o segundo set e depois derrotou o espanhol em um emocionante terceiro set de 97 minutos no tiebreak, após salvar um set point.

A atmosfera de futebol criada pelos quase 5.000 espectadores na quadra Philippe Chatrier foi sentida no final do terceiro set, quando se aproximava o início do toque de recolher em Paris por causa da Covid-19.

Felizmente, as autoridades parisienses concederam uma prorrogação do limite das 23h no horário local, o que fez com que o magnífico jogo pudesse continuar a ser desfrutado por um público ao vivo.

Mas não houve indulto para Nadal, de 35 anos, que pareceu cansado no último set, e sucumbiu diante de Djokovic, que agora enfrentará Tsitsipas em busca de seu 19º título de Grand Slam, o que o deixaria apenas um atrás do recorde de 20 de Nadal e Roger Federer.

Tsitsipas chegou à decisão ao derrotar Alexander Zverev por 6-3, 6-3, 4-6, 4-6 e 6-3 em uma grande partida.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos