Djokovic vence Carreño e vai pela 10ª vez à semifinal de Roland Garros

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Novak Djokovic celebra vitória sobre o espanhol Pablo Carreno nas quartas de final de Roland Garros
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O sérvio Novak Djokovic, número 1 do mundo, se classificou para sua décima semifinal de Roland Garros nesta quarta-feira (7) após derrotar por 4-6, 6-2, 6-3, 6-4 o espanhol Pablo Carreño (18º), que voltou a cair nas quartas de final da competição em Paris. 

Djokovic, que busca ser campeão pela segunda vez no torneio francês, o que seria seu 18º título de Grand Slam, enfrentará na próxima fase o grego Stefanos Tsitsipas (6º), classificado ao derrotar horas antes o russo Andrey Rublev (12º).

"Ele não cometeu muitos erros, os pontos foram longos, muitas trocas, comecei o jogo um pouco mal, mas depois encontrei o ritmo", explicou Djokovic ainda dentro da quadra central ao ser entrevistado pela ex-tenista francesa Marion Bartoli. 

Desse modo, 'Djoko' saldou sua dívida consigo, mesmo após ter sido desclassificado diante do próprio Carreño nas oitavas de final do US Open, quando, num momento de fúria, acertou sem querer uma bolada na juíza de linha.

Já Carreño, que também tinha chegado às quartas de final no saibro parisiense em 2017, não conseguiu se tornar o 13º espanhol a chegar às semifinais de Roland Garros na era profissional.

Para o sérvio, esta será sua 38ª participação numa semifinal de um Grand Slam. 

iga/gh/lca/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos