Djokovic tem má notícia para disputar torneios nos EUA

Divulgação US Open


Uma má notícia para Novak Djokovic. O Governo dos Estados Unidos anunciou a extensão da obrigatoriedade para cidadãos não-americanos de entrada no país somente com a prova da vacina contra a COVID-19.

De acordo com a resolução, a extensão vale até o dia 10 de abril. Isso significa que Nole poderá perder os Masters 1000 de Miami e Indian Wells que acontecem durante o mês de março e pelos quais já não havia participado ano passado.

Nole pode entrar na Austrália este ano e está jogando o primeiro torneio em Adelaide. Na sequência disputará o Australian Open.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.