Djokovic não vai participar do Aberto de Madri para focar nos Grand Slams

·1 minuto de leitura
Novak Djokovic não vai participar do Masters 1000 de Madri

"Novak Djokovic não vai jogar o Aberto de Madrid", anunciaram nesta quarta-feira os organizadores do torneio Masters 1000, na capital espanhola, cujo etapa masculina acontecerá de 2 a 9 de maio.

O líder do ranking ATP já havia falado sobre esta possibilidade no sábado depois de perder nas semifinais (7-5, 4-6) do torneio de Belgrado para Aslan Karatsev.

“Não sei, para ser sincero, eu estou farto de fazer planos. Os Grand Slams são a minha prioridade ", confessou Djoko.

"Lamento não ir a Madri este ano e encontrar os meus fãs. Já é o segundo ano e faz muito tempo. Espero estar lá no próximo ano", destacou o sérvio em uma mensagem no Twitter.

O Masters 1000 de Madri foi cancelado em 2020 devido à pandemia do coronavírus, e Djokovic venceu a última edição disputada, a de 2019, contra Stéfanos Tsitsipás.

O suíço Roger Federer, que a princípio participaria da competição na capital espanhola, divulgou que não vai mais jogar em Madri, acrescentando que estará nos torneios de Genebra e de Roland Garros.

Com estas ausências, Rafael Nadal passa a ser o cabeça de chave no evento espanhol, realizado quatro semanas antes de Roland Garros (30 de maio a 13 de junho).

O tenista espanhol, que conquistou recentemente o Torneio de Barcelona, tentará o sexto título em Madri.

pve/dep/grp/psr/lca