Djokovic lamenta chances perdidas após eliminação em Monte Carlo

Nesta sexta-feira, Novak Djokovic, número dois do ranking mundial, foi eliminado nas quartas de final do Masters 1000 de Monte Carlo. O sérvio foi superado pelo belga David Goffin no terceiro set, e lamentou as oportunidades desperdiçadas, principalmente nos momentos de decisão do duelo.

“Infelizmente eu perdi minhas chances no terceiro set de abrir duas quebras de vantagem. Acho que joguei muito, muito bem por um set e meio, a começar pelo início do segundo. Então, infelizmente, perdi o meu serviço e o jogo virou. Eu tive minhas oportunidades, definitivamente, eu só não as aproveitei”, declarou o número dois do mundo.

Apesar do resultado negativo, Djokovic exaltou o adversário. Além disso, o sérvio ainda destacou que estava cansado por causa das duas partidas anteriores do torneio, já que também disputou três sets contra o francês Gilles Simon e o espanhol Pablo Carreno Busta.

“Provavelmente comecei devagar porque joguei duas longas partidas. Mas conforme o jogo foi avançando, estava me sentindo bem, fisicamente bem. Tivemos muitas trocas de bolas e muitos ralis. David estava acelerando o confronto, ele é um tenista rápido”, finalizou.