Djokovic comemora melhor dia: 'Não senti nenhuma dor'

(WILLIAM WEST / AFP)


Novak Djokovic, nove vezes campeão do Australian Open, comemorou sua atuação nesta segunda-feira e o fato de não ter sentido dores na perna em seu melhor dia no torneio onde marcou 6/2 6/1 6/2 sobre o australiano Alex de Minaur.

"Hoje não senti nada. Agradeço ao time médico, agradeço a Deus. Não quero celebrar tão cedo, sei que as coisas podem mudar. Estou satisfeito com a maneira como me mexi e bati na bola", disse o sérvio que ao longo da semana vem tomando remédios antii-nflamatórios para amenizar os problemas: "Hoje mantive o foco na partida, uma partida de tênis pode mudar em questão de um ponto".

"Não posso lamentar sobre jogos mais longos. Estou feliz que venci em sets diretos, não se sabe o que poderia acontecer".

Sobre Andrey Rublev, seu rival de quarta-feira nas quartas de final, ele pontuou: "Ele é um top 5, top 10 estabelecido. Incrível potência com o forehand e o saque".

São três jogos entre os dois e duas vitórias do sérvio, ambas no piso duro.