Djokovic bate Medvedev e vai à final em Adelaide

Adelaide International


Com ótima atuação, o sérvio Novak Djokovic avançou, neste sábado, para a decisão do ATP 250 de Adelaide, na Austrália, evento sobre o piso duro com premiação de US$ 642 mil, que abre a temporada.

Nole, quinto do mundo, derrotou o russo Daniil Medvedev, sétimo colocado e número 1 por várias semanas em 2022, por 2 sets a 0 com 6/3 6/4 após 1h30min de duração.

Foi o 13º duelo entre eles e a nona vitória de Nole, sua quarta seguida. Ele não sabe o que é perder do rival desde a queda na final do US Open em 2021 onde lutava pelo Grand Slam (quarto Major seguido em um mesmo ano), mas não jogou seu melhor tênis.

Djokovic teve apenas três chances de quebra contra do adversário e salvou todas. Por sua vez, rompeu duas das três que teve no serviço do oponente, uma em cada set.


O tenista de Belgrado chega na decisão de seu primeiro evento na Austrália após o ano passado onde foi deportado por não tomar a vacina, episódio dos mais tristes de sua carreira.

Ele enfrenta na final o americano Sebastian Korda, 33º, que venceu o japonês Yoshihito Nishioka por 7/6 (7/5) 1/0 e desistência. A final será às 4h30 de Brasília.