Djokovic agradece fãs em meio à disputa sobre visto australiano

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Apoiadora de Djokovic do lado de fora do hotel onde o jogador está detido em Melbourne
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Novak Đoković
    Novak Đoković
    Tenista sérvio

(Reuters) - O tenista número um do mundo, Novak Djokovic, agradeceu nesta sexta-feira às pessoas em todo o mundo pelo apoio que tem recebido em meio à disputa em relação ao visto e sua dispensa de vacinação contra Covid-19, que o levou a ser detido em um hotel de Melbourne antes do Aberto da Austrália neste mês.

"Agradeço às pessoas ao redor do mundo pelo apoio contínuo. Eu posso sentir isso, e é muito apreciado", escreveu o sérvio no Instagram.

Djokovic recebeu uma dispensa médica dos rigorosos requisitos de vacinação contra Covid-19 australianos depois de uma revisão por dois painéis independentes antes de embarcar para o país, mas sua entrada foi negada no desembarque em Melbourne, na quarta-feira.

O tenista de 34 anos está atualmente alojado em um hotel de detenção do governo em Carlton, 5 km ao norte de Melbourne Park, após as autoridades cancelarem seu visto quando chegou à Austrália.

Os advogados de Djokovic entraram com um recurso para anular a decisão do governo federal australiano, e um tribunal concordou em não deportá-lo do país antes da audiência completa, que está marcada para segunda-feira.

(Reportagem de Dhruv Munjal, em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos