Djokovic vence Ruud, fatura o ATP Finals pela sexta vez e iguala Federer

Djokovic voltou a conquistar o ATP Finals após sete anos (Foto: MARCO BERTORELLO / AFP)


Em temporada conturbada, Novak Djokovic fechou 2022 com o pé direito. Neste domingo, em Turim, o sérvio venceu o norueguês Casper Ruud por 2 a 0, parciais de 7/5 e 6/3, e faturou o título do ATP Finals pela sexta vez. Dessa forma, Nole iguala Federer como o maior vencedor do prestigiado torneio. Anteriormente, Djokovic havia conquistado o torneio em em 2008, 2012, 2013, 2014 e 2015.

+ Veja as chuteiras que 20 craques vão usar na Copa do Mundo 2022


A vitória na Itália também estabeleceu o sérvio como o vencedor mais velho do torneio. Aos 35 anos, o tenista vai fechar a temporada como o número 5 do ranking da ATP e pode até recuperar o posto de número 1 (atualmente com Carlos Alcaraz) no próximo Australian Open.

Djokovic encerra o ano com cinco conquistas: ATP 250 de Tel Aviv, ATP 500 de Astana, Masters 1000 de Roma, Wimbledon e o ATP Finals. Na temporada, ele ficou de fora de torneios de relevância, como o Australian Open, pelo fato de não ter se vacinado contra o Covid-19.