Distanciamento social eliminará cerimônia de pódio tradicional da F1

Adam Cooper
motorsport.com

A FIA, a F1 e as equipes têm trabalhado em todos os aspectos do fim de semana de corrida, a fim de garantir o cumprimento de uma série de novas diretrizes.

As cerimônias pré e pós-corridas serão muito diferentes das que os fãs estão acostumados, pois o contato entre as pessoas será minimizado.

Leia também:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Podcast #050 - Massa revela 'causos' hilários com Schumi, Kimi, Leclerc e ciaAlphaTauri deve andar com carros de 2018 e 2020 em Ímola no final de junhoF1 ainda não descartou corridas classificatórias, que deve voltar ao debate em 2021

"Devido à implementação dos procedimentos, precisamos estar seguros da situação da Covid-19", disse Brawn ao F1.com. "As práticas que tivemos no passado simplesmente não podem ser feitas. O grid muito cheio que era uma característica das corridas de F1 simplesmente não poderão acontecer.”

"Portanto, todos os aspectos, desde o momento em que as equipes chegam, até o momento em que saem, foram pensados ​​e não estão completamente finalizados, mas estamos trabalhando com a FIA para aperfeiçoá-los.”

"O procedimento de pódio não pode acontecer, mas estamos pensando em fazer algo no grid após a corrida. Uma opção seria alinhar os carros na pista e os pilotos ficarem à frente deles.”

"Não podemos entregar os troféus, pois você não pode ter ninguém por perto, mas temos planos e procedimentos, estamos vendo como podemos apresentá-lo na TV."

O grid também parecerá muito diferente, com um número mínimo de pessoas presentes e sem as cerimônias usuais.

"Coisas como o hino nacional, você não pode ter todos os pilotos agrupados", disse Brawn. "E você não pode ter nossas estrelas do futuro da FIA à frente deles.”

“As estrelas do futuro da FIA ainda farão parte do programa virtualmente. Eles receberão os uniformes e enviarão vídeos deles com uma mensagem que podemos reproduzir, para que haja muitas coisas que podemos fazer para ser divertido.”

“O desfile dos pilotos [no domingo de manhã] não acontecerá, pois não podemos colocar 20 pilotos na traseira de um caminhão e dar a volta na pista, então, em vez disso, entrevistaremos cada um deles em frente à garagem.”

"Há várias maneiras de nos envolvermos sem comprometer a saúde e a segurança.”

"Estou 100% confiante de que o tornaremos um produto atraente e emocionante, será apenas diferente. Esta é a nova norma. Quanto tempo isso vai continuar? Não sabemos, mas essa será a nova norma para o resto do ano, com certeza."

Novo regulamento da Fórmula 1: salvação ou retrocesso?

PODCAST: Massa revela 'causos' hilários com Schumi, Kimi, Leclerc e cia

Your browser does not support the audio element.

Leia também