Dirigente do Santa Cruz comenta visão do clube sobre novo cenário dos direitos de transmissão

Futebol Latino
LANCE!


Em palavras ditas ao portal JC, o membro do Núcleo de Gestão do Santa Cruz, Fred Dias, fez uma análise de tom bastante cuidadoso em relação aos impactos da Medida Provisória assinada na última quinta-feira (18) por Jair Bolsonaro sobre os direitos de transmissão como de direito do mandante das partidas.

Para Fred, o clube do Recife só conseguiria analisar de maneira benéfica pensando em médio a longo prazo pelo fato que, por ora, o time tem acordo para ter suas partidas transmitidas em plataforma digital na Copa do Nordeste e na Série C do Campeonato Brasileiro.

- O Santa Cruz tem um contrato que foi negociado com a CBF para a transmissão dos jogos pela DAZN em plataforma digital. Se houver o interesse de um parceiro para negociação em TV aberta, fechada ou outros canais, a gente não teria a anuência como clube visitante, só em jogos como mandante mesmo. Anteriormente teria que ter essa presença do clube visitante. Evidente que é uma situação nova, mas que a gente precisa analisar com cuidado os prós e contras dessa situação - discorreu o dirigente do Santa.

- Até porque temos que rever se for veicular em alguma praça, o quanto isso impacta na ausência do público no estádio, mesmo sabendo que o momento agora não é possível, nem quando vai acontecer. Mas é importante analisar tudo isso e levar em consideração, com todo conhecimento e profissionalismo, para que o Santa Cruz faça bons contratos. Acordos que já existem dificilmente vão ser alterados, mas nos novos contratos que vierem, poderemos utilizar essa prerrogativa para negociar - acrescentou.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também