Dirigente do PSG critica assédio de Real Madrid por Mbappé

·1 minuto de leitura


Leonardo, diretor esportivo do Paris Saint-Germain, criticou o Real Madrid por assédio ao atacante Kylian Mbappé. Em entrevista ao "L'Équipe", o dirigente afirmou que o clube merengue deve parar de dar declarações sobre o camisa sete, que tem contrato com a equipe francesa até o fim desta temporada.

- A janela de transferências se encerrou e o Real Madrid precisa parar de se comportar assim. Eles precisam parar. Mbappé é atleta do PSG e o clube quer que a relação dure. É falta de respeito.

> Veja a tabela da Ligue 1

Durante as negociações na última janela de transferências entre Real Madrid e PSG pela transferência de Mbappé, Leonardo já havia criticado o clube espanhol por conta da insistência pelo atacante francês. Assim, todas as ofertas merengues pelo jogador foram recusadas.

No entanto, Mbappé revelou publicamente ter pedido para deixar o Paris Saint-Germain e revelou que gostaria de se mudar para o Real Madrid. O atleta estará livre a partir de janeiro e Florentino Pérez declarou que espera entrar em acordo com o atleta e seu staff nos próximos meses.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos