Ao L!, dirigente do Peñarol fala da recepção ao Flamengo e lembra 'momento muito ruim' em 2019

·2 min de leitura


O Flamengo está a um dia de aterrissar no Uruguai e ligar definitivamente a chave para a decisão da Libertadores. Antes, joga contra o Grêmio nesta noite, pelo Brasileiro, em Porto Alegre, de onde embarca para Montevidéu. Na capital uruguaia, o QG do Rubro-Negro será no Estádio Campeón del Siglo, do Peñarol.

E o LANCE! conversou com Jorge Nirenberg, diretor de futebol do Peñarol, que comentou sobre a recepção ao Flamengo e a relação entre os clubes, além de recordar com lamentação um "momento muito ruim":

- O Flamengo é um clube amigo. São muitos anos disputando partidas de Libertadores com o Peñarol. Me recordo do ano em que ganhamos com 1 a 0 com o Jair Concaves (Liberta de 82). No último, em 2019, o Flamengo foi campeão da Libertadores, mas nós ganhamos no Maracanã (1x0), coisa que poucos clubes no mundo fizeram. Essa é uma partida que eu guardo - falou Nirenberg, lembrando também das brigas que ocorreram entre as torcidas em 2019, no Rio:

- Todos sabem os problemas que aconteceram nas ruas (brigas entre torcedores). As autoridades do Rio e a Polícia haviam garantido que não aconteceria nada, até hoje não sabemos quem cometeu o erro. Não gosto de lembrar, porque foi um momento muito ruim. Desde a volta ao Brasil, tivemos uma reunião com o embaixador do Brasil no Uruguai para contar tudo que houve, e pedimos para que nas próximas vezes se tomem mais precauções. Isso não aconteceu quando jogamos contra o Fluminense, na Sul-Americana.

Depois de briga no Leme, na orla da Zona Sul do Rio de Janeiro, em abril de 2019, torcedores de Flamengo e Peñarol ainda voltaram a se enfrentar após a partida entre os clubes no Maracanã. Cerca de 100 uruguaios foram detidos à época, sendo que um torcedor rubro-negro morreu meses depois em decorrência da confusão.

Em Montevidéu, o LANCE! conversou com alguns torcedores flamenguistas que demonstraram receio por conta do recente episódio. A partir de quarta, o Peñarol deve realizar postagens hospitaleiras ao Flamengo e à torcida rubro-negra para alijar qualquer possibilidade de entrevero nas ruas uruguaias.

> Fla joga hoje! Veja e simule a tabela do Brasileiro

O Peñarol será a casa do Flamengo de quarta-feira a sábado (de manhã), pois o Fla, que chegará na capital uruguaia na quarta, treinará no mesmo dia (24) na sede dos Carboneros - Estádio Campeón del Siglo. A Conmebol sugeriu, e os clubes estreitaram os laços e acordaram até a inclusão de equipamentos de academia para a preparação até a final, assegurados pelo Fla, que pediu um reparo especial no gramado após as atividades por lá (saiba mais aqui).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos