Dirigente do Flamengo fala em "outro patamar" e provoca Palmeiras chamando de reserva

Depois do sorteio da Libertadores, Cacau Cotta foi entrevistado e aproveitou para cutucar o rival
Depois do sorteio da Libertadores, Cacau Cotta foi entrevistado e aproveitou para cutucar o rival

Após o sorteio da Libertadores, o diretor de relações externas do Flamengo, Cacau Cotta, foi entrevistado pela Fox Sports. Ele falou sobre os desafios do clube para a próxima temporada e ainda provocou o Palmeiras.

"É diferente de outra época, quando o Flamengo vinha aqui. O Flamengo, como os próprios jogadores dizem, atingiu um novo patamar, com toda humildade. O clube está no patamar esportivo que merece. O presidente prometeu e fez”, disse Cotta. “Hoje, ninguém queria pegar o Flamengo [no sorteio da fase de grupos da Libertadores], todos respeitando. Ninguém quer pegar o Flamengo no Maracanã, o estádio voltou a ser um caldeirão”.

O dirigente ainda colocou seu time como um dos favoritos ao título sul americano, junto a outros gigantes do futebol. “Então, o Flamengo é um dos favoritos ao título, mas tem outros também, do Brasil, mesmo: Grêmio, Palmeiras, Corinthians. Não dá para descartar o River e o Boca também. Agora, o Flamengo vai chegar. Mas ser campeão depende de a bola entrar".

Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras, estava esperando a entrevista de Cotta terminar para falar com a emissora, ao perceber isso, o dirigente flamenguista cutucou o rival: “O Palmeiras é o reserva? Então já vou sair”.

Na edição de 2020 da Libertadores, o Flamengo vai tentar defender o título conquistado esse ano. O time joga pelo Grupo A, com Del Valle (EQU) - atual campeão da Copa Sul-Americana, o Junior Barranquilla (COL), e o G1 - vencedor de Carabobo (VEN) ou Universitario (PER) ou Cerro Porteño (PAR) x Progreso (URU) ou Barcelona (EQU) ou Sporting Cristal (PER).

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também