Dirigente do Inter defende investimento em Yuri Alberto: "Se não é bom negócio, não sei qual será"

Alexandre Praetzel
·2 minuto de leitura
Yuri Alberto pode ser jogador do Inter a partir de 01 de agosto. Foto: Marcello Zambrana/AGIF
Yuri Alberto pode ser jogador do Inter a partir de 01 de agosto. Foto: Marcello Zambrana/AGIF

Yuri Alberto tem acerto encaminhado com o Inter, a partir de 01 de agosto. O jogador termina seu contrato com o Santos dia 31 de julho e já avisou que não pretende renovar. Ainda assim, o Santos tem a possibilidade de cobrir a oferta colorada, de acordo com termos da Lei Pelé.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O Inter ofereceu R$ 10 milhões à vista, entre luvas e direitos de imagem, mais R$ 200 mil de salários com reajuste de R$ 30 mil, caso Yuri seja titular em 20 jogos da temporada. O contrato oferecido é até 31 de julho de 2025. O Inter fica com 85% dos direitos econômicos e Yuri com os 15% restantes. A multa rescisória é de 80 milhões de euros para clubes do exterior.

Leia também:

O blog fez contato com um integrante da diretoria gaúcha, participante da negociação. Questionado se Yuri chegará pressionado ao Inter pelos valores divulgados, o dirigente foi direto.

“Pressão de quê? 1,7 milhão de euros por 85% do centroavante titular e capitão da Seleção Sub-20. Se isso não é visto como bom negócio, não sei qual será. Espero que se um dia ele for negociado, isso seja valorizado. O Santos ainda tem a preferência e Yuri ainda não está contratado. Fizemos tudo dentro da Lei, mas ele ainda é jogador do Santos”, afirmou, pedindo anonimato.

Yuri Alberto tem 19 anos e disputou 25 jogos pelo time principal do Santos, com três gols marcados.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.