Dirigente da Copa do Mundo no Qatar nega rumor envolvendo Neymar

O Paris Saint-Germain pode ter conseguido trazer Neymar, ao desembolsar €222 milhões para tirar o craque brasileiro do Barcelona, mas isso não garante que o jogador será um dos embaixadores da Copa do Mundo de 2022, no Qatar.

Por causa das relações entre o PSG e o governo qatari, surgiram rumores de que o camisa 10 da Seleção seria o grande rosto para o Mundial que será realizado no país. No entanto, Hassan Al Thawadi, secretário geral do comitê organizador da Copa, negou que isso seja verdade.

“Deixe-me avisar, PSG e a Copa do Mundo do Qatar são dois projetos independentes. Não estamos ligados”, garantiu. “Sobre o Neymar ser nomeado como embaixador, ele é uma grande estrela e, se continuar a jogar assim, será uma das maiores estrelas. No entanto, atualmente não existe nenhum plano”.

O dirigente também falou a respeito das qualidades que buscam na hora de transformarem grandes craques em exemplos para o país. O grande exemplo usado foi o meio-campista Xavi: “É importante deixar claro que não estamos atrás apenas das grandes estrelas, mas de modelos de conduta que representem os valores em que acreditamos”.

Xavi Hernandez - Al Sadd
(Foto: Getty Images)

“Xavi é o embaixador da Generation Amazing [Geração Incrível, em livre tradução], que é para o desenvolvimento do futebol em áreas remotas. Além de ele ser o melhor meio-campista de todos, entende o poder do futebol (...) Neymar não é, por enquanto, parte do nosso plano para o futuro, essa é uma discussão para o futuro”.