Dirigente do Botafogo alfineta Rodrigo Pimpão: 'Virou moda ser contra a contratação de craques'


O Botafogo foi alvo de críticas de Rodrigo Pimpão. O atacante, que jogou no clube no início de 2015 e, posteriormente, entre o segundo semestre de 2016 e 2019, criticou a busca do Alvinegro por jogadores renomados mundialmente, como Keisuke Honda e Yaya Touré.

Para o jogador, atualmente no CSA, o clube não pode ir atrás de atletas deste calibre tendo problemas financeiros. Além disto, o ex-camisa 17 revelou que o Botafogo lhe deve dívidas.

- Sai de lá (Botafogo) tem seis meses e estou esperando até hoje para receber. Não acho legal o clube pensar em contratar grandes jogadores se não pagou quem trabalhou lá. Sou grato ao Botafogo, mas estou muito chateado. Meu salário não chega nem na metade do que o deles (Honda e Yaya) - afirmou o atacante, ao "Fox Sports".



Mas não parou por aí. Ao ficar sabendo da declaração, Ricardo Rotenberg, VP Geral e Marketing do Botafogo, escreveu uma mensagem em sua conta no Twitter sobre o assunto. O dirigente criticou a postura de Rodrigo Pimpão.

- Virou moda ex-jogadores serem contra a contratação de craques para o Botafogo. A estratégia de contratar craques do nível do Honda não só atrai receitas como valorizam os jogadores do elenco. Quem não quer jogar com um jogador do nível de Honda e outros falados? - escreveu.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também