Dirigente do Atlético-MG diz que Arena MRV pode ser um dos ativos da SAF

Atualmente, o estádio tem 92% das obras concluídas  - (Foto: Arthur William/Agência Espacial Comunicação)


Na iminência de se tornar Sociedade Anônima de Futebol (SAF), o Atlético-MG pode envolver a Arena MRV na negociação. A informação foi revelada pelo presidente do Conselho Deliberativo do Galo, Ricardo Guimarães, em entrevista à Rádio Itatiaia.

- Estamos conversando se a Arena MRV entra ou não no negócio. Mas ela precisa ser valorizada com o quanto vale. Se acontecer, o volume será ainda maior, para pagamento de dívidas e investimento no futebol - disse o dirigente atleticano.

Vale lembrar que, inicialmente, o plano do Galo era permanecer com alguns ativos sob propriedade da Associação (clube), o que deve acontecer com o centro de treinamento e a sede social, por exemplo.

Na última reunião do Conselho Deliberativo, que aconteceu na segunda-feira, 21 de novembro, Rubens Menin, um dos responsáveis pelo aporte financeiro do clube nos últimos anos, revelou que são oito os investidores interessados em adquirir a SAF alvinegra. Por ideal, o Atlético-MG espera solucionar o problema até o início da próxima temporada.

A Arena MRV, por sua vez, tem inauguração oficial prevista para 25 de março do ano que vem. Ao todo, serão cinco eventos realizados no estádio, e depois o primeiro jogo oficial, que deve acontecer próximo ao meio da temporada 2023.