Diretoria do São Paulo apresenta balanço de metas do primeiro ano e obtém apoio do Conselho Deliberativo

·1 min de leitura


A diretoria do São Paulo apresentou ao Conselho Deliberativo o resultado anual de metas atingidas pela primeira vez, já que as gestões anteriores informavam apenas o balanço financeiro. A reunião aconteceu de forma online na última segunda-feira (27).

Além da apresentação de metas, o Conselho também aprovou cinco contratos feitos durante o primeiro ano da gestão, e teve 182 conselheiros votando a favor, além de nove votos contra e outras nove abstenções, o que corresponde a 91% de aprovação.

Esta foi a sexta votação seguida que o Conselho aprova demandas da diretoria são-paulina, todas com alto índice de aprovação, acima dos 70%, o que indica forte apoio à gestão atual, que tem como presidente Julio Casares.

Durante a reunião, os dirigentes do Tricolor mostraram os números de tudo que foi feito e gasto ao longo deste ano, o que gerou uma perspectiva de melhora financeira para 2022 e 2023. Um dos pontos de destaque foi o marketing do clube, que conseguiu um aumento considerável das receitas, incluindo patrocínio master da camisa e outros tipos de renda.

Com uma dívida de aproximadamente R$ 700 milhões, o São Paulo prevê uma redução na quantia de aproximadamente R$ 108 milhões. Em relação à venda de jogadores, o Tricolor quer arrecadar R$ 142 milhões. Neste ano, o clube do Morumbi arrecadou R$ 124 milhões dos R$ 196 milhões previstos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos