Diretor do Timão admite interesse em Alex Teixeira; atleta se pronuncia


Na noite da última terça-feira, em entrevista para a rádio CBN, o diretor de futebol do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, admitiu que o clube tem interesse na contratação do atacante Alex Teixeira, que está no Jiangsu Suning, da China, mas sabe que se trata de uma negociação complicada. O jogador, por sua vez, usou suas redes sociais para se manifestar sobre as notícias.

Alex tem contrato com o clube chinês até o fim deste ano e já foi desejo do Timão em outro momento, porém a transferência, por empréstimo na época, não foi concretizada. Agora, com o vínculo do atleta perto de terminar, há uma nova possibilidade de negócio, porém tratado com a devida cautela, já que os valores não seriam baixos e o clube passa por muitos problemas financeiros.

- Alex Teixeira foi uma tentativa nossa em 2018, infelizmente acabou não dando certo por tempo de inscrição na Libertadores. É um atleta que interessa, mas que ganha um salário absurdo, como a maioria dos atletas que estão na China. Saiu uma notícia de que os atletas brasileiros que estão no futebol chinês não poderão voltar, mas pelo que tenho de informação isso não é confirmado ainda. São várias especulações, mas valores altos. Se existir realmente essa situação, de eles não voltarem à China e os clubes aceitarem pagar salários, é lógico que o Corinthians se interessa, mas, fora isso, não, são valores altos - explicou Duílio na conversa com a CBN.



O atleta, por sua vez, atento ao noticiário, se manifestou nesta quarta-feira para afastar os boatos de negociação e de preferência a algum clube. Alex reforçou que vai cumprir seu contrato com Jiangsu Suning e aguardo o comunicado para retornar para a China e voltar a treinar com os companheiros. Veja o texto publicado pelo atacante em seu Instagram.

- Devido aos boatos que têm saído na imprensa com relação à minha saída da China, gostaria de esclarecer que, à princípio, não recebi nenhuma comunicação do Jiangsu Suning a respeito. Sigo aguardando a data do retorno à China e do início dos treinamentos com o restante dos meus companheiros. Tenho estado em comunicação com o clube e qualquer notícia sobre saída, neste momento, é falsa - afirmou, antes de completar:

- Li, também, que eu teria dado preferência a algum clube em caso de retorno ao Brasil, o que também não é verdade. Tenho contrato com o Jiangsu Suning até dezembro de 2020 e sigo aguardando para retornar à China e cumprir o meu contrato - concluiu.

Aos 30 anos, Alex Teixeira está na China desde 2016, após deixar o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, onde ficou por mais de seis anos. Antes, atuou pelo Vasco, onde foi revelado e permaneceu até partir para o leste europeu, em 2010.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também