Diretor do Internacional destaca importância da Copinha na formação de atletas

O Inter venceu o Rosário Central-SE na estreia da Copinha (Divugação / Internacional)


O Internacional enfrenta neste sábado o Fluminense-PI, às 17h15, na Arena Barueri, em partida válida pela segunda rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Após a vitória na estreia diante do Rosário Central-SE por 2 a 0, o Colorado só precisa de um triunfo para já se garantir na próxima fase do torneio.

Para o diretor geral do clube, Felipe de Oliveira, o trabalho no desenvolvimento dos atletas deve ser a prioridade nas competições que envolvam as categorias de base.

>Confira as movimentações do mercado da bola na atual janela

- O Inter pensa na Copinha como uma competição para dar mais experiência. A nossa política é a de que as competições de base sirvam como parte do processo de desenvolvimento dos nossos atletas até o profissional. A luta pelo título é intrínseca ao peso do nosso distintivo e da nossa camisa, mas não é o principal objetivo - pontuou o dirigente.

Pentacampeão do torneio e conhecido por formar grandes jogadores ao futebol brasileiro, o Inter é um dos favoritos ao título e tem como destaques o atacante Enzo e o meia Matteo, filhos dos ex-jogadores Fernandão e Amoroso. Também há outras jovens promessas que podem dar muita alegria ao torcedor do Inter, como João Dalla Corte, Vinícius Côrtes, Ricardo Mathias e Rodriguinho.

Após o Fluminense-PI, o último confronto da fase de grupos da equipe gaúcha acontecerá na próxima quarta-feira, às 21h45, contra o Oeste.