Diretor de futebol do Inter dispara contra arbitragem: 'Uma vergonha'

Roberto Melo questiona árbitro Diego Real, que marcou equivocadamente um pênalti na derrota do Internacional para o Juventude já nos acréscimos

"Está sendo feito tudo possível para o Internacional não ser heptacampeão". Essas foram as palavras de Roberto Melo, vice de futebol do Internacional, em coletiva, após a derrota do Colorado por 1 a 0 para o Juventude, neste domingo, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

A reclamação do dirigente é por conta da arbitragem de Diego Real na partida válida pela sétima rodada do Campeonato Gaúcho. Na ocasião, Diego deixou de marcar um pênalti claro no primeiro tempo para o time de Caxias, mas, na etapa complementar, já nos acréscimos, assinalou a penalidade no lance em que a bola bateu no peito de Júnio, dentro da área.

De acordo com as declarações dos atletas colorados ainda dentro de campo, os assistentes informaram Diego de que a bola não teria sido tocada na mão. No entanto, o árbitro optou por 'assumir a responsabilidade', gerando a indignação de Roberto Melo.

- Acho que está sendo feito uma força muito grande para que o Internacional não seja heptacampeão, para o Internacional não alcançar o hepta campeonato. O que aconteceu hoje foi uma vergonha, um absurdo - afirmou Melo, completando:

- O que eu não consigo entender é que o bandeirinha, o quarto árbitro, o quinto, o sexto terem falado para ele que não foi pênalti e ele dizer que assumiria a responsabilidade de dar o pênalti. Qual é a responsabilidade que ele assume? Por que ele deu pênalti se ele foi avisado por todos os assistentes que não foi. Infelizmente, eu coloco esse campeonato sob suspeição. Está sendo feito todo o possível para o Internacional não ser heptacampeão - concluiu o vice de futebol.

Com a vitória do Juventude, a equipe chegou a 11 pontos, ocupando a quinta colocação. O Internacional, por outro lado, deixou a zona de classificação à próxima fase do Gauchão, permanecendo na nona posição, com sete pontos. No Estadual, o Colorado venceu apenas uma partida, tendo somente três pontos de vantagem do Ypiranga, primeiro na zona do rebaixamento.









E MAIS: