Diretor do Fortaleza comenta acordo por Michel e projeta contratações

João Vítor Castanheira e Matheus Costa
LANCE!
Michel em ação pelo Grêmio, seu último clube (Foto: Reprodução Instagram)
Michel em ação pelo Grêmio, seu último clube (Foto: Reprodução Instagram)


O Fortaleza oficializou, na tarde desta quinta-feira, o acordo pelo volante Michel, que disputou a última temporada pelo Grêmio. Conforme adiantou o LANCE!, o jogador de 29 anos chega por empréstimo junto ao Tricolor Gaúcho até 31 de dezembro de 2020 ao Leão do Pici.

Procurado pelo L!, Daniel de Paula Pessoa, diretor de futebol do clube cearense, falou sobre o novo reforço. O dirigente deu detalhes sobre as tratativas e revelou a porcentagem dos vencimentos de Michel que ficará a cargo do Fortaleza.

- A negociação pelo Michel foi feita de executivo para executivo. Entrei em contato com o Klaus (Câmara, diretor do clube gaúcho) e acertamos. O Grêmio arcará com parte do salários. A proporção fica em torno de 70% (para o Fortaleza) e 30% (para o Grêmio).

+ VAIVÉM: Passos do Flamengo, nomes no Corinthians e mais… O resumo do desta quinta-feira

O gestor salientou a importância do aval Rogério Ceni para o acerto. Segundo o diretor, todas as contratações do Fortaleza passam pelo crivo do técnico e sua comissão. Em publicação nesta quarta-feira, o LANCE! infirmou que o técnico de 45 anos foi fundamental para a escolha de Michel pelo Leão em detrimento de outras propostas.


O homem forte do clube cearense ainda analisou o estilo de jogo do volante de 29 anos e revelou uma admiração antiga.

- Para o nosso modelo de jogo, o Michel se encaixa como uma luva. Tem uma boa bola aérea defensiva, é um canhoto que joga de cabeça erguida. Tem uma parte cognitiva muito boa para a saída de bola e passes em profundidade. E além de tudo, chega bem a área. Gosto do Michel desde a época dele no Atlético Goianiense. Teve uma temporada de destaque lá antes de chamar atenção do Grêmio - exaltou.










REFORÇOS PARA O ATAQUE NA MIRA

Daniel Pessoa ressaltou a necessidade do Fortaleza de reforçar seu setor ofensivo. Na virada para esta temporada, o clube perdeu Edinho, André Luiz, Felipe Pires, Matheus Alessandro e Kieza. Os quatros primeiros encerraram o período de empréstimo e retornaram para Atlético-MG, Corinthians, Hoffenheim (ALE) e Fluminense, respectivamente. O último e centroavante, por sua vez, acertou com o Náutico.

- Perdemos cinco jogadores de ataque. Tivemos um baque grande e precisaremos repor. Estamos em contato com alguns atletas e esperamos ratificar essas contratações o mais rápido possível. Mas o mercado não está fácil. Muitos clubes buscando a mesma coisa. Estamos trabalhando para fazer essa reposição para o Rogério quanto antes - explicou.





Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também