Diretor executivo do Vasco detalha planejamento e trabalho feito na Europa


Após o retorno da Europa, Paulo Bracks concedeu a primeira entrevista coletiva na sala de imprensa Chico Anysio, em São Januário. De início, o diretor executivo do Vasco fez um pronunciamento e confirmou as contratações do técnico Maurício Barbieri e do diretor técnico Abel Braga. Além disso, fez um detalhamento de todo o trabalho realizado na Europa.

- Vou convidar todo mundo a fazer uma regressão para o dia 6 de novembro. Agonia, angustia, medo. Véspera do jogo contra o Ituano. Todos esses sentimentos que e foram pregressos a esse jogo foram eliminados ao final da partida. Abro com esse regresso de 30 dias. Começou uma Nova Era no Vasco. Dia 7, 8 de novembro começamos um trabalho interno intenso de preparação, planejamento, projeto. O Vasco é um clube, hoje, com um investidor que exige, de forma correta, o profissionalismo. Um orçamento minucioso e detalhado. As reuniões foram para ultimar e finalizar o orçamento. Orçamento é fazer uma pesquisa de mercado. Fazer prospecção de mercado. É um orçamento difícil a se fazer, porque é uma outra realidade no Vasco. Porque é o primeiro ano de Série A com a SAF - disse Paulo Bracks, que completou:

- Eu respondo sobre o futebol do Vasco. O Vasco era um caos. Esse caos acabou. O Vasco entra em 2023 para competir nos campeontos que ele vai disputar. As prioridades são o Brasileiro e a Copa do Brasil. Não sou responsável pelas expectativas que se criam. Não posso responder pelo o que está no imaginário das pessoas. Ele (Maurício Barbieri) teve o suporte do grupo e do diretor técnico (Abel Braga). A gente quer um Vasco competindo, agredindo, sendo intenso e isso leva tempo. O que a gente quer para o ano que vem é tudo o que não aconteceu nos últimos anos.

A expectativa também estava em cima de um possível anúncio de jogadores, que não aconteceu. No entanto, o diretor executivo pontou que há nomes já engatilhados.

- Vamos começar a anunciar os nomes já contratados. É mais de um nome. Quero que a torcida do Vasco entenda o porque do jogador. Analisem com propriedade, fundamento e justificativa. Não com um imaginário que se cria - disse.

Paulo Bracks - Vasco
Paulo Bracks - Vasco

Paulo Bracks voltou da Europa no início de dezembro (Daniel RAMALHO/VASCO)

VEJA MAIS TRECHOS DA COLETIVA DE PAULO BRACKS:
PRÉ-TEMPORADA
- Os jogadores se reapresentam no dia 12. Mas a nossa pré-temporada, para valer, começa em janeiro. Nós queremos um mês de pré-temporada, mas o Carioca se inicia em 15 de janeiro. Nós temos uma excursão, que é muito positiva para a marca do Vasco. Voltar a internacionalizar o Vasco. A gente quer para o ano que vem tudo o que não aconteceu nos últimos anos. O Vasco não vai sofrer mais, vamos trabalhar para isso.

REFORÇOS
- O Vasco busca as 11 posições no mercado. O Barbieri começou oficialmente ontem, em uma reunião que fizemos no Rio. Desde ontem, começamos a definir alguns perfis que vão conjugar com nomes já conversados ou não. Nessa mesa, preciso incluir o treinador. A decisão não é dele, é do Vasco, mas eu preciso entregar jogadores que se adequam ao perfil que queremos, até porque escolhemos o treinador.

POSTURA DO VASCO NO MERCADO
- Eu não vou gastar todo o orçamento na janela de abril. Tenho que deixar uma reserva para possíveis saídas, além de novas investidas no meio do ano. Não me agrada começar o Brasileiro com apenas 40% do elenco montado. Quero um planejamento otimizado, mas vou precisar agir na janela do meio do ano.

- Pode ser até uma janela de correção de algo que deu errado ou potencializar algo que deu certo. Sobre furar o orçamento, o grupo permitiu apenas se entrar receitas novas. Ou seja, tenho um número, que pode crescer para cima.

PASSADO COM ABEL BRAGA E MAURÍCIO BARBIERI
- Trabalhei com os dois em contextos diferentes. O Abel, tive a oportunidade no Internacional. Por poucos minutos não fomos campeões brasileiros. Ele estava há mais tempo, o elenco não foi montado por mim, mas estivemos próximos de uma glória. Desde então, a gente nunca deixou de se falar, e ele é um conselheiro.

- Já o Barbieri, se fosse analisar os trabalhos meu e dele no América, a gente não estaria junto de novo, porque não deu certo. De lá para cá, nós dois evoluímos como profissionais.

COBIÇA DE CLUBES EUROPEUS POR ANDREY SANTOS
- O mundo todo quer o Andrey. Mas é um atleta nosso, tem contrato com o Vasco. Não tenho garantia do que vai acontecer com o Andrey. Gostaria que ele permanecesse conosco, mas ele está sendo muito visado.

THIAGO RODRIGUES, EDIMAR, ANDERSON CONCEIÇAÕ E YURI LARA
- Thiago Rodrigues, Anderson Conceição, Edimar e Yuri possuem cláusula de renovação automática nos contratos. Esses quatro jogadores só não vão permanecer se não quiserem.

- A renovação só se desvincula com o pagamento de uma indenização. alguns atletas de renovação estão sendo conversados. com esses quatro jogadores a conversa é diferente porque há uma previsão contratual.

ALEX TEIXEIRA
- Contrato terminou no final de novembro. houve uma procura nossa e aguardo o retorno dele.

NENÊ
- Foi feita uma proposta e ele quer me encontrar essa semana. É um atleta que contribuiu muito para o nosso acesso. Precisa receber esse tratamento meu.

PAULINHO (ATLÉTICO-MG)

- Eu fiz a reunião com o empresário do Paulinho. ele está muito fora do nosso orçamento.