Diretor artístico das Olimpíadas de Tóquio renuncia ao cargo depois de fazer comentários gordofóbicos

LANCE!
·1 minuto de leitura


Na última quarta-feira, o Diretor-executivo de criação dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio, Hiroshi Sasaki, pediu para deixar o cargo. Ele não resistiu à pressão depois de ter realizado um comentário gordofóbico que humilhou uma atriz e comediante popular no Japão.

> Boali é a nova parceira do COB e estará com o Time Brasil até 2024

- Houve uma expressão muito inadequada em minhas ideias e comentários. Peço desculpas sinceramente a ela e às pessoas que se sentiram desconfortáveis ​​com tal conteúdo - desculpou-se.

Segundo a revista Shukan Bunshun, o responsável pela abertura e encerramento das Olimpíadas propôs a alguns membros da equipe uma ideia que envolvia a artista Naomi Watanabe, de 33 anos.

Watanabe é uma referência da moda tanto no Japão, quanto no exterior, e desceria do céu fantasiada de porco na abertura dos Jogos. Com isso, através de uma mensagem de texto, o agora ex-diretor fez um jogo de palavras e transformou a palavra "olímpico" em "Olympig" ("pig" significa "porco" em inglês).

- Eu costumo brincar com frequência, então eu disse isso como algo que escapou da minha boca, com ela vestindo um lindo traje rosa e mostrando a língua como um 'Olympig'. Achei que isso a faria parecer encantadora, mas fui imediatamente repreendido por funcionários do sexo masculino. Sinto remorso - disse Sasaki, de 66 anos, segundo a revista.