Diretor esportivo do Rennes diz que Camavinga não sai para o Real


O diretor esportivo do Rennes, Florian Maurice, disse que não vai vender o meio-campista Camavinga para o Real Madrid. Em entrevista para a “RMC Sport”, o francês afirmou que nem se os merengues chegarem com uma proposta de 80 milhões de euros (R$ 492 milhões), o jovem de 17 anos deixa a equipe na próxima temporada.

- Não se falou na saída de Camavinga. Nunca houve um interesse real. Desde a minha chegada, tinha claro que faríamos um projeto com ele. Se o Real Madrid oferecer 80 milhões como se diz por aí? A resposta é não. Queremos contar com ele para que siga evoluindo no Rennes.

Apesar da primeira negativa, o dirigente disse que vai escutar o atleta caso a transferência seja da vontade do jogador. Camavinga tem contrato com o clube atual até 2022 e o Rennes, pela primeira vez na história, irá disputar uma Liga dos Campeões. Maurice também disse que está negociando com Salisu, do Valladolid, para ser novo reforço do time.





Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também