Diretor da McLaren diz que asa móvel será menos decisiva na F1 2022

Adam Cooper
·2 minuto de leitura

entrarem em vigor, a partir de 2022.

As regras estão focadas em um novo pacote aerodinâmico projetado para facilitar o acompanhamento do carro à frente, aumentando as chances de ultrapassagem.

Leia também:

ANÁLISE: Conheça as novidades técnicas da Fórmula 1 para 2021 F1 confirma que chefe da Williams testou positivo para coronavírus Button diz que Hamilton precisa de companheiro que o desafie e nomeia candidato ideal

Key diz que a asa móvel ainda será importante em ultrapassagens, mas será menos decisiva.

“Acho que se os planos funcionarem, terá menos influência”, disse Key. “Ainda vai ser necessário. Ultrapassar é realmente no que esses regulamentos são baseados, em última análise”.

“Obviamente, a frenagem é a principal e é aí que o DRS ajuda. Você olha para algumas pistas, Spa talvez, onde a ultrapassagem é possível em vários lugares, e Bahrein é muito semelhante. Você vê isso acontecendo, não é como se fosse impossível”.

“Mas a asa móvel provavelmente ainda terá um papel em garantir que você possa conseguir uma ultrapassagem. Sua autoridade seria menor, tendo a concordar com isso.”

Embora o pacote de mudanças de regras signifique que muitos dados atuais específicos não serão relevantes com o pacote aerodinâmico de 2022 - por exemplo, no que diz respeito a bargeboards - Key diz que há muito a ser repetido em termos de abordagem geral.

“Existem vários tipos de conhecimento”, disse ele. “Obviamente, conhecimento aerodinâmico puro em termos dos detalhes de como essas coisas funcionam, não é realmente relevante”

“Mas o que você está tentando alcançar com esses dispositivos que temos agora é exatamente o que você deseja alcançar em 2022, você só precisa encontrar maneiras diferentes de fazer isso. Portanto, o tipo de compreensão de como o aerodinâmico ideal funcionaria em torno do carro, por exemplo, que é fácil de derivar e muito difícil de fazer, ainda se mantém para 2022”.

“Você terá os mesmos problemas aerodinâmicos, as mesmas limitações, provavelmente sensibilidades muito semelhantes com as quais você também terá que lidar. É um caso de adaptação em termos de conhecimento, do que estamos tentando alcançar, e é muito mais um novo começo em termos de conhecimento aerodinâmico do papel de cada coisa”.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1, MotoGP e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Hamilton despista sobre Rosberg, analisa Bottas e ‘esquece’ Alonso; assista e entenda

PODCAST: O calendário 'pós-pandemia' da F1 2021 é o mais correto? Ouça o debate

Your browser does not support the audio element.

.