Diretor de competições da Uefa nega "Super Liga" de clubes

Giorgio Marchetti em Nyon, no dia 24 de fevereiro de 2017

O diretor de competições da Uefa, Giorgio Marchetti, negou a ideia de uma "Super Liga" reservada aos gigantes do continente, nesta quinta-feira, mas admitiu que o formato atual da Liga dos Campeões pode sofrer mudanças a partir de 2021.

"Se a 'Super Liga' é uma competição para a elite, fechada, não é nossa competição", declarou Marchetti durante congresso de futebol organizado em Estoril, perto de Lisboa.

O diretor reconheceu que as competições europeias, especialmente a Champions League, "devem mudar para continuarem sendo as maiores competições de clubes do mundo".

Marchetti acrescentou que "depois de várias análises, podemos dizer que no ciclo 2018-2021 o formato não mudará".

"Seguimos dinâmicos e vimos que o Fair Play financeiro dá resultados. Queremos progredir na divisão de receitas", finalizou o italiano.