Diretor do Botafogo reclama de arbitragem: 'Dos últimos cinco gols sofridos, três foram erros'

·1 minuto de leitura


O Botafogo está na bronca com a arbitragem. Após um claro gol de Ronald não ter sido validado pela arbitragem na derrota por 2 a 0 para o Sampaio Corrêa, neste sábado, pela Série B, o diretor de futebol Eduardo Freeland ressaltou o descontentamento com a equipe de árbitros.

O dirigente afirmou que o Botafogo vai entrar com uma representação na CBF contra a arbitragem da partida por conta do lance envolvendo Ronald.

- Peço a palavra antes da coletiva do Chamusca para mostrar a indignação do Botafogo com os seguidos erros de arbitragem. Primeiro, em Recife, já notificado pelo presidente, e hoje aqui pelo Maranhão. Dos últimos cinco gols sofridos três foram erros gravíssimos de arbitragem. Isso interfere diretamente no resultado e na competição. Vamos entrar com uma representação junto à CBF na segunda-feira para manifestar a nossa indignação. Não queremos nenhum tipo de favorecimento, apenas igualdade - afirmou Freeland.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos