Diretor do Bahia não explica 'não' ao Cruzeiro por Nino Paraíba, mas revela conversas sobre outros atletas

Valinor Conteúdo
LANCE!


Cruzeiro e Bahia estão em sintonia fora dos campos. Mineiros e baianos tem conversado bastante sobre negociações de atletas entre os dois clubes. A Raposa fechou com o meia Régis e tentou trazer o lateral-direito Nino Paraíba, mas recebeu uma negativa do Tricolor de Aço.

O Diretor de futebol do Bahia, Diego Cerri, não quis explicar os motivos do “não” para o time celeste em relação a Nino, mas revelou que teve conversas sobre outros possíveis acordos entre os clubes, creditando a boa relação com o Cruzeiro pela amizade com Enderson Moreira, atual comandante celeste e ex-treinador do Bahia.

-A gente teve conversas sobre alguns atletas. O Enderson e eu temos boa relação, trabalhamos juntos aqui. Acabamos definindo que poderíamos liberar o Régis, meia que foi para o Cruzeiro. Foi o atleta que conseguimos conversar e chegamos ao nome dele. Os outros foram mais conversas que tivemos pela proximidade do Enderson comigo- disse Cerri em entrevista à Rádio 98FM.




A lateral-direita é uma posição identificada por Enderson como necessária para ser reforçada. Atualmente somente Edílson está no grupo principal, já que Valdir, foi devolvido ao time sub-20, ficando à disposição da equipe principal caso seja solicitado.

A outra lateral, a esquerda, também gera preocupação na Raposa, já que as duas peças do elenco, Rafael Santos e João Lucas, ainda não inspiram confiança pelas atuações irregulares na equipe em 2020. Dodô, que é a primeira opção de reforço, está em um imbróglio jurídico com a Raposa, dificultando um acerto com a equipe mineira.

Até agora o Cruzeiro fez 11 contratações para o elenco de 2020 e ainda pretende buscar pelo menos mais três atletas. Os reforços desta temporada são: o meia Régis, os meias-atacantes Everton Felipe e Roberson, o lateral-esquerdo, João Lucas, os zagueiros Ramon e Marllon, os volantes Filipe Machado e Jean, além dos os atacantes Marcelo Moreno, Jhonata Robert e Angulo.





Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também