Diretor do Atlético-MG rechaça grande reformulação no elenco: 'A gente vai fazer ajustes'

O técnico argentino Eduardo Coudet inicia seu trabalho no Atlético-MG nesta quarta-feira - (Foto: Divulgação/Atlético-MG)


Mesmo após ter um desempenho abaixo do esperado na temporada que passou, o Atlético-MG não pretende passar por uma grande reformulação de elenco para 2023. Quem confirmou isso foi o diretor de futebol do Galo, Rodrigo Caetano, em entrevista ao canal oficial do clube no YouTube.

- Nós temos muita confiança no elenco e sabemos a dificuldade que é você, ao longo do tempo, ir montando elencos, fazendo manutenção deles, promovendo chegadas. Enfim, é algo natural. Não gostamos e não adotamos a palavra reformulação ou ruptura. A gente vai fazer ajustes. Isso é obrigação, fazer ajustes a cada ano e agora com a participação ativa do nosso treinador - disse o dirigente alvinegro.

Internamente, o Atlético-MG se prepara para mais um grande ano em sua história, que contará com a inauguração da Arena MRV, prevista para março do ano que vem. O objetivo do clube é voltar a conquistar títulos de primeiro escalão, assim como em 2021, quando foi campeão brasileiro e da Copa do Brasil.

Até aqui, apenas Eduardo Coudet foi oficializado para o comando técnico da equipe. No entanto, o zagueiro paraguaio Junior Alonso não deve permanecer uma vez que o Krasnodar, da Rússia, teria pedido o retorno do jogador, que está emprestado.