Diogo Barbosa prevê jogo difícil contra paraguaios, mas exalta elenco

Diogo Barbosa quer vitória sobre o Fla para Cruzeiro embalar no Campeonato Brasileiro - Foto: Washington Alves / Light Press / Cruzeiro

Apesar da fragilidade dentro do território paraguaio, o lateral-esquerdo Diogo Barbosa pregou respeito ao Nacional, adversário do Cruzeiro nesta terça-feira, às 21h45, no Mineirão, no primeiro jogo da Copa Sul-Americana.

O jogo de volta será no dia 10 de maio, em Assunção, às 19h15. O rival do Cruzeiro nesta noite é o penúltimo lugar, do Torneio Apertura do Paraguai com apenas sete pontos em 10 jogo

- Vai ser um jogo muito difícil amanhã. Temos que ter atenção para sermos surpreendidos no Mineirão. Temos que ter consciência da grandeza da partida e não entrar na catimba deles. Vamos tentar a vitória para ir bem para o segundo jogo - comentou o camisa 6 da Raposa.

Apesar da exaltação aos paraguaios, o ala também exaltou os companheiros de time individualmente e coletivamente e a força do elenco. Ele citou as entradas do volante Hudson e do meia-atacante Rafinha, reservas, contra o Atlético-MG.

- O nosso grupo é muito forte. Quem tem entrado, vem ajudando bastante. Isso faz o elenco forte. No clássico, entraram Hudson e Rafinha e foram duas peças importantes. Quem entra, sempre faz o seu melhor para brigar por posição e quem ganha com isso é o grupo - comentou Barbosa, antes de destacar a importância de uma vitória com o placar robusto.

- São dois jogos, se a gente fizer um bom resultado, vai facilitar a segunda partida. Temos que entrar focados, e conseguir o resultado em casa. Temos que pensar passo a passo e não acelerar as coisas - finalizou Diogo.










E MAIS: