Dino Camargo exalta evolução da Chape após empate com o Sport

·1 minuto de leitura


O empate sem gols com o Sport na tarde deste sábado, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, de fato, não foi o resultado esperado pela Chapecoense.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Entretanto, deixando de lado a má fase na competição, o auxiliar técnico da equipe catarinense, Dino Camargo, que substituiu o técnico Pintado, suspenso, valorizou a evolução do time. Para ele, a postura do sistema defensivo foi essencial no confronto, o que poderá ser determinante para que os adversários tenham mais dificuldade em marcar gols.

"É (mérito) do elenco em geral. A evolução nos treinamentos, aplicação durante a semana, implantação do sistema nos treinamentos. O Keiller tem sua parcela de responsabilidade pelo 0 a 0, mas nossa parte defensiva tem suportado bem, aprendido a sofrer. É um campeonato difícil. Os adversários vão ter chances de fazer gol, mas temos suportado bem. Estamos um time mais cascudo e passando os jogos sem sofrer gol", declarou em entrevista após o duelo.

Sobre aumentar o poder ofensivo, Dino ponderou que os treinamentos poderão ajudar o elenco de uma forma geral, confiando em uma possível reação no segundo turno.

"Treinando, aprimorando algumas valências. Por outro lado, a gente fica satisfeito que o time tem criado. Em todos os jogos temos tido oportunidade de fazer os gols, mas hoje não sofremos. Keiller teve grande importância, mas é o grupo, nossa defesa começa no ataque. Às vezes por se doar tanto na marcação, acabam cansando um pouquinho. Estamos em evolução e vamos fazer um grande segundo turno", destacou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos