Diniz valoriza primeiro tempo, mas admite queda do Santos no segundo

·1 minuto de leitura


O técnico Fernando Diniz gostou do desempenho do Santos no primeiro tempo da vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense neste domingo, na Arena Condá, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Peixe venceu com um gol de pênalti marcado pelo uruguaio Carlos Sánchez.

O treinador, no entanto, não gostou da postura da equipe na segunda etapa, quando a Chapecoense cresceu na partida e parou nas boas defesas do goleiro João Paulo.

- O primeiro tempo a gente podia ser um pouco mais contundente. No segundo tempo a gente jogou um pouco abaixo, soube se defender, mas a gente poderia ter jogado melhor - analisou o treinador.

Fernando Diniz tentou encontrar explicações para a queda de rendimento da equipe no segundo tempo.

- A gente começou a errar passes fáceis, a Chapecoense tinha que buscar o ataque, eles deixaram a grama bastante alta para ficar mais lenta, estava prejudicando a nossa saída. Muito passe errado no início das jogadas e a gente teve que se defender para segurar o 1 a 0 que nos dava três pontos muito importantes - avaliou.

A vitória sobre a Chapecoense foi a primeira do Santos como visitante no Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe subiu para a sétima colocação na classificação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos