Diniz explica entrada de Venuto no Santos e minimiza ausência de jovem Ângelo

·1 minuto de leitura


O atacante Ângelo, de 16 anos, é visto desde as divisões de base com grande potencial para o time do Santos. Durante o começo da temporada 2021, o jogador atuou como titular em alguns jogos e recebeu diversos elogios do antigo treinador Ariel Holan.

Com a chegada de Fernando Diniz, o garoto perdeu espaço. No empate por 0 a 0 com o Sport nesta quarta-feira, pelo Brasileirão, o treinador optou pela entrada de Lucas Venuto e manteve o Menino da Vila no banco.

- Ângelo é fenômeno como o Kaiky, jogadores que nasceram em 2004 e foram titulares, inclusive comigo. Tendência é de evoluírem. Venuto entrou porque treinei nessa situação da lateral, por isso ele entrou e não o Ângelo. Tínhamos que tentar fazer o gol, mas sem tomar. Como treinei nessa variação do Venuto como lateral, me senti mais seguro de colocá-lo. Ângelo tem futuro brilhante e estamos de olho nele - explicou Diniz.

Ângelo tem 19 jogos e um gol na temporada - diante do San Lorenzo, pela terceira fase da Libertadores. Já Lucas Venuto atuou em três partidas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos