Diniz elogia retorno de Sánchez aos gramados: 'Imensa categoria'

·1 minuto de leitura


Após o rompimento do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo sofrido em outubro da temporada passada, o meia Carlos Sánchez voltou ao Santos. Aos 11 minutos, o camisa do Alvinegro foi chamado por Fernando Diniz e entrou em campo pela primeira vez após a grande lesão.

Ao fim do empate contra Grêmio por 2 a 0, fora de casa, o treinador comentou sobre a volta do uruguaio encheu o jogador de elogios.

- É um privilégio trabalhar com o Sánchez. Um dos que eu mais admirava no Brasil quando jogava contra. Voltou hoje depois de quase um ano e nos ajudou com sua imensa categoria e presença em campo. Bom para o Santos e futebol brasileiro - disse.

O meia Carlos Sánchez renovou com o Santos até o dia 22 de julho de 2023. Aos 36 anos, o jogador é o segundo maior artilheiro estrangeiro da história do Peixe com 25 gols. Com contrato renovado, Sánchez pode passar o colombiano Jonathan Copete, que deixou o Santos recentemente, primeiro na lista de artilheiros gringos com 26 gols marcados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos