Dinamarca goleia Rússia (4-1) e enfrenta País de Gales nas oitavas da Euro

·3 minuto de leitura

A Dinamarca se classificou para as oitavas de final da Eurocopa graças à vitória por 4 a 1 sobre a Rússia, que com esta derrota está eliminada do torneio continental, enquanto a Finlândia, que perdeu por 2 a 0 para a Bélgica, terá que esperar para ver se poderá avançar como um dos melhores terceiros.

Os dinamarqueses abriram uma vantagem de dois gols por meio de Mikkel Damsgaard (38) e Yussuf Poulsen (59), mas o capitão Artem Dzyuba diminuiu para os russos de pênalti (70).

Andreas Christensen (79) tranquilizou a torcida e logo depois Joakim Maehle (82) fechou a goleada que deu a classificação à Dinamarca, segunda colocada com três pontos no Grupo B, que teve a Bélgica como líder isolada, com 9 pontos em três jogos.

Nas oitavas de final, a Dinamarca vai enfrentar o País de Gales, segundo colocado do Grupo A, no sábado, dia 26, na Johan Cruijff Arena em Amsterdã.

"É uma loucura termos avançado. Esse time, esses jogadores... É fantástico fazer parte disso, totalmente incrível ouvir as pessoas enlouquecerem", vibrou Damsgaard em entrevista à emissora dinamarquesa DR.

"O mais importante (coisa) é que agora estamos unidos como Dinamarca", disse Maehle, outro que marcou na goleada.

"Temos que aproveitar este momento. Estou super orgulhoso dos rapazes", acrescentou.

Esses resultados também implicam na classificação automática para as oitavas de final de outras cinco seleções: França, Suíça, Suécia, República Tcheca e Inglaterra.

Apesar de terem perdido as duas primeiras partidas do torneio e o seu capitão Christian Eriksen, vítima de um problema cardíaco na estreia contra a Finlândia, os dinamarqueses sabiam que uma vitória, e acima de tudo por mais de um gol de diferença, poderia classificá-los para as oitavas, desde que os finlandeses não pontuassem contra a Bélgica.

A Dinamarca, campeã da Eurocopa de 1992, começou dominando e quase abriu o placar pouco antes de meia hora de jogo, com um chute forte de fora da área de Pierre Hojbjerg que passou rente à trave (29).

A recompensa viria antes do intervalo, quando Damsgaard, também de fora da área, acertou um chute de direita que acabou nas redes da seleção russa (38).

Os dinamarqueses aproveitaram um presente da defesa da Rússia, em uma bola mal recuada de Roman Zobnin que pegou o goleiro Matvey Safonov de surpresa e Poulsen só teve de empurrar para o gol (59).

Apesar do susto do pênalti convertido por Dzyuba, que poderia comprometer a classificação, os dinamarqueses garantiram a vaga com os gols de Christensen (79), que soltou uma bomba de fora da área, e Maehle (82) fechou a conta três minutos depois para o delírio dos 25.000 espectadores no Copenhagen Parken.

"O primeiro gol surgiu do nada. Tudo estava funcionando bem, mas não marcamos quando tivemos boas chances e, neste nível, isso não é perdoado", lamentou Dzyuba ao canal russo Match TV.

Depois do pesadelo vivido pelos dinamarqueses no início da Eurocopa, a torcida espera continuar sonhando no sábado, na Johan Cruijff Arena, em Amsterdã, contra o País de Gales.

-- Jogos e classificação do Grupo B da Eurocopa:

-- Segunda-feira, 21 de junho:

Finlândia - Bélgica 0 - 2

Rússia - Dinamarca 1 - 4

-- Já disputados antes:

Bélgica - Rússia 3 - 0

Dinamarca - Finlândia 0 - 1

Dinamarca - Bélgica 1 - 2

Finlândia - Rússia 0 - 1

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Bélgica 9 3 3 0 0 7 1 6

2. Dinamarca 3 3 1 0 2 5 4 1

3. Finlândia 3 3 1 0 2 1 3 -2

4. Rússia 3 3 1 0 2 2 7 -5

./bds/mcd/gh/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos