Dinamarca decepciona e encerra participação na Copa do Mundo como lanterna do grupo

Dinamarca perde para Austrália e está eliminada da Copa do Mundo (Foto: PAUL ELLIS / AFP)


Após perder por 1 a 0 para a Austrália nesta quarta-feira, a seleção da Dinamarca se junta a País de Gales e é a segunda seleção europeia eliminada da Copa do Mundo do Qatar, encerrando sua participação no Grupo D do Mundial na lanterna, com apenas um ponto conquistado, no empate em 0 a 0 contra a Tunísia na rodada de abertura.

A equipe nórdica chegou ao Qatar cercada de expectativas e com uma ótima geração. Na última Euro, a Dinamarca chegou até a semifinal, quando caiu diante da Inglaterra na prorrogação. E na Uefa Nations League, os dinamarqueses bateram a França, atual campeã do mundo, em duas oportunidades.

DECEPÇÃO
No papel, nomes como Schmeichel, Christian Eriksen, Christensen e Hojbjerg colocavam a Dinamarca no posto de segunda favorita do grupo, atrás apenas da França. Contudo, o futebol apresentado pelos comandados de Kasper Hjulmand foi longe do ideal, o que se reflete nos números.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em três partidas disputadas, apenas um gol marcado (no duelo contra a França, em que os dinamarqueses foram derrotados por 2 a 1). O "presságio" veio logo no início, após uma atuação apática contra a Tunísia e a confirmação na derrota desta quarta-feira contra os australianos.

+ Veja a tabela da Copa do Mundo 2022

Após o jogo, o técnico assumiu a responsabilidade pela campanha ruim. E para a Copa do Mundo de 2026, pilares da seleção dinamarquesa como Scmeichel e Eriksen estarão com 40 e 34 anos, respectivamente, o que mostra que uma renovação para o próximo mundial será necessária.