'Dificuldades trouxeram responsabilidade', afirma presidente do Fortaleza

·2 minuto de leitura


O Fortaleza levantou pela terceira vez seguida a taça do Campeonato Estadual ao bater o rival Ceará na decisão e sacramentou mais um momento de solidez e equilíbrio entre as forças do futebol nordestino no cenário nacional. Em uma temporada atípica para o nosso futebol, o clube havia chegado à semifinal da Copa do Nordeste – derrotado apenas nas penalidades para o campeão Bahia – além de garantir a permanência na Série A do Brasileirão, se mantendo presente na elite pelo terceiro ano consecutivo em 2021, algo inédito na história do Leão.

>Vai começar o Brasileirão! Veja a tabela e simule os resultados

- As dificuldades financeiras nos trazem a responsabilidade de, mesmo com recursos reduzidos, acertar nas contratações, honrar um nível alto de gestão, de estrutura e logística, com bons elencos e premiações. Internamente, nós valorizamos muito essas conquistas, porque sabemos o quão difícil foi atingir esses resultados. Agradecemos à Deus, à diretoria e ao torcedor, que mesmo distante está contribuindo, nosso propósito é trabalhar bastante para continuar proporcionando alegria à torcida tricolor - afirmou o presidente Marcelo Paz.

Desde 2018, o clube acumula conquistas dentro e fora dos gramados durante a atual gestão. Assim que assumiu o cargo, há quatro anos, o mandatário profissionalizou departamentos internos, organizou as finanças do Fortaleza e colocou o time de volta nas principais competições do futebol brasileiro. Tudo isso, é claro, com a contribuição dos profissionais de diferentes áreas do clube.

Nos últimos dois anos, o Tricolor de Aço conquistou o título da Série B em 2018, a Copa do Nordeste em 2019 e, agora, o tricampeonato estadual (2019/20/21). Além disso, alcançou, também em 2019, a segunda melhor campanha de uma equipe nordestina no Brasileirão, considerando o atual formato que é disputado desde 2006. Na ocasião, terminou em 9º lugar na tabela e 53 pontos, posição que garantiu uma inédita participação na Copa Sul-Americana.

- As conquistas sempre têm valor, independente da circunstância, e a história irá lembrar dos clubes que conquistaram títulos mesmo sem o apoio da sua torcida. O Fortaleza sempre teve um apoio muito grande das arquibancadas, estádios lotados, isso faz parte da nossa história. Alcançamos o tricampeonato, dois deles sem a nossa torcida, um invicto, e sem perder nenhum clássico para o nosso rival, que está na série A junto conosco, atuando em alto nível - completou o dirigente.

O Fortaleza estreia no Campeonato Brasileiro contra o Atlético-MG, fora de casa, no próximo domingo (30) às 11h (de Brasília). Já a primeira partida em casa é na rodada seguinte, diante do Internacional, às 16h, no próximo dia 6 de junho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos