Diferente da Blizzard, Epic Games diz que não punirá pessoas por visões políticas

Márcio Pacheco
Divulgação
Divulgação

A Epic Games, desenvolvedora do popular Fortnite, declarou (via The Verge) que não proibirá ou punirá jogadores ou criadores de conteúdo com base em suas opiniões políticas.

A declaração vem depois que a Blizzard suspendeu um jogador profissional de Hearthstone fazer comentários em apoio aos protestos em Hong Kong.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

A Epic apoia o direito de todos de expressar suas opiniões sobre política e direitos humanos. Não proibiríamos ou puniríamos um jogador ou criador de conteúdo do Fortnite por falar sobre esses tópicos“, disse um porta-voz da Epic Games para o portal.

O fundador e CEO da Epic Games, Tim Sweeney, reafirmou a posição do estúdio ao responder peguntas de internautas sobre o tema no Twitter.

Perguntando se alguém em uma competição da Epic fizesse o mesmo que o jogador chinês de Hearthstone, ele respondeu que não haveria represálias.


Leia também