Diego Souza ganha ação na justiça movida contra o Sport

Futebol Latino
·1 minuto de leitura


Segundo informação divulgada pelo portal 'JC', o Sport foi condenado através de sentença proferida pela Justiça do Trabalho a pagar a quantia de R$ 902 mil para o atacante Diego Souza. A ação em questão havia sido movida no fim de 2019 pelo atleta que passou de 2014 a 2017 defendendo as cores do Leão e criou forte identificação com o clube.

>A situação do Leão da Ilha na tabela do Campeonato Brasileiro

Diego cobra na ação o acerto de parcelas referentes a um acordo entre as partes que foi firmado ainda em 2017 por conta de verbas atrasadas referentes a salários, 13° e também a multa rescisória prevista em contrato. Além do equivalente a pouco mais de R$ 600 mil somente nos meses a serem quitados, houve um acréscimo de multa de 50%, totalizando o débito de R$ 902.668,18.

O clube deve recorrer da decisão que foi divulgada nessa semana segundo posicionamento tomado pelo presidente Carlos Frederico em palavras ditas ao repórter Ralph de Carvalho para a 'Rádio Jornal'.

Frederico ainda pontuou que o caso já estava sendo observado pelo departamento jurídico do clube da Praça da Bandeira e que, agora, o momento é de analisar internamente a melhor estratégia jurídica:

- Quando a gente expõe demais as ações a serem feitas, você prejudica não só a sua parte, mas também a parte do jogador, que a gente tem de manter o sigilo, uma forma ética de conduzir. Mas é verdade, aconteceu. Já está nas mãos do nosso vice-presidente jurídico, Manoel Veloso. E vamos tratar mais este caso. Não é nada que assuste, nada que venha a tornar diferente o planejamento para a reta final da Série A.