Diego Souza diz que sair do Flu e ir para Sport foi decisivo para convocação

Meia não disse se fica no clube pernambucano ou se volta para o Verdão

Em 2016, Diego Souza tinha acabado de se destacar no Sport e foi contratado pelo Fluminense. Porém, sem dar muitas explicações, saiu do time carioca e voltou para Recife. De acordo com o meia-atacante, isso foi decisivo para que, nesta sexta-feira (3), ele voltasse a ser convocado para Seleção Brasileira.

"Estou feliz demais. Ser lembrado em uma convocação e quebrar um tabu de 16 anos só concretiza que minhas escolhas foram decisivas. Escolher o Sport, jogar aqui e ser feliz. Isso mostra que estou colhendo os frutos", afirmou em entrevista à Rede Globo.

Esse tabu de 16 anos que Diego citou é porque desde 2001 um jogador que atua no futebol nordestino não era chamado para defender a Seleção Brasileira. A última vez foi polêmica: em 2001, Emerson Leão chamou Leomar, justamente do Sport, mas surgiram denúncias de que o ex-presidente do clube, Luciano Bivar, pagou para o atleta ser convocado.

Diego Souza também contou que já esperava ser convocado: "a expectativa era grande de poder estar entre os 23. Desde a entrevista do Tite, que falou que eu poderia ocupar a vaga de Gabriel Jesus, eu trabalhei ainda mais forte. Agora é aproveitar esse momento. Se jogar, eu vou aproveitar bem a oportunidade, pois me preparei bem para isso".