Diego marca, Flamengo vence Vitória e cola nos líderes

Gazeta Press
Diego comemora seu gol com os companheiros (Foto: André Fabiano/Código19/Gazeta Press)
Diego comemora seu gol com os companheiros (Foto: André Fabiano/Código19/Gazeta Press)

O Flamengo não encontrou a menor dificuldade para derrotar o Vitória por 1 a 0, em partida disputada na noite desta quinta-feira, no Maracanã. O resultado manteve o rubro-negro da Gávea na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro. O resultado positivo fez a equipe carioca chegar aos 40 pontos, na terceira posição e seguir colada em São Paulo e Inter que ocupam as primeiras colocações. O Vitória segue na zona do rebaixamento. A equipe baiana é o 17º colocado com 19 pontos ganhos. O único gol do jogo foi marcado por Diego, no primeiro tempo.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Apesar do placar apertado, o Flamengo dominou completamente o adversário e poderia ter saído com uma vitória bem mais folgada. Os atacantes da equipe comandada por Mauricio Barbieri desperdiçaram várias chances para marcar. O Vitória entrou apenas para se defender e teve o goleiro Ronaldo como seu grande destaque. Na próxima rodada, o Flamengo vai enfrentar o América-MG, no Independência. O Vitória vai receber o Atlético-MG, no Barradão.

O jogo – O Vitória começou a partida tentando surpreender o Flamengo com uma marcação adiantada, mas o time da Gávea ignorou a pressão e criou o primeiro momento de perigo aos três minutos quando Vitinho se livrou de Jeferson, invadiu a área, mas adiantou a bola e acabou desarmado. Aos cinco minutos, Vitinho recebeu na intermediária e soltou a bomba. A bola se chocou com o travessão, assustando o goleiro Ronaldo. Logo depois, foi a vez de Lucas Paquetá concluir, mas o chute não levou perigo para Ronaldo que defendeu sem dificuldades.

Acuado pela pressão da equipe carioca, o Vitória encontrava muita dificuldade em se organizar dentro de campo para tentar jogadas de ataque. No Flamengo, Vitinho fazia a sua melhor exibição, se movimentando muito e criando dificuldades para a zaga baiana.

Aos 13 minutos, foi a vez de Éverton Ribeiro tabelar com Henrique Dourado e bater com muito perigo para o gol defendido por Ronaldo. O time dirigido por Mauricio Barbieri seguia dominando completamente e, aos 19 minutos, Éverton Ribeiro levantou na área, Réver escorou e Henrique Dourado chutou com violência, mas Ronaldo fez outra grande defesa.

O Vitória não conseguia sair da defesa e até os atacantes recuavam para marcação. Com o dobro da posse de bola, o Flamengo não deixava o time baiano respírar. Isolado no ataque, Léo Ceará travava um duelo desigual contra Léo Duarte e Réver. Depois dos 20 minutos,a equipe carioca diminuiu seu ritmo, mas manteve o controle da partida, não permitindo que o adversário criasse dificuldades para Diego Alves.

Aos 30 minutos, o técnico Paulo César Carpegiani foi obrigado a queimar a primeira substituição. O volante Arouca sentiu dores na coxa direita e deixou o campo para a entrada de Willian Farias. O Flamengo voltou a ameaçar aos 37 minutos quando Vitinho recebeu de Lucas Paquetá e bateu forte para outra boa defesa de Ronaldo que desviou para escanteio.

Aos 40 minutos, o Flamengo marcou o primeiro gol. Vitinho cruzou na área, Lucas Paquetá cabeceou e o goleiro Ronaldo defendeu parcialmente. Livre na pequena área, Diego só teve o trabalho de empurrar para as redes. A partida recomeçou com o mesmo panorama do primeiro tempo. O Flamengo dominando as ações e o Vitória buscando espaço para armar contra-ataques, mas sem conseguir organizar boas jogadas.

Aos nove minutos, Henrique Dourado recebeu na entrada da área, fez o pivô e recuou para a conclusão de Renê, mas a bola saiu sem levar perigo. Paulo César Carpegiani tentou dar mais agressividade ao seu time, trocando Rodrigo Andrade por Lucas Fernandes. Logo depois, Barbieri também alterou o Flamengo. Henrique Dourado saiu para a entrada de Lincoln.

O Flamengo voltou a desperdiçar uma ótima chance aos 19 minutos quando Lucas Paquetá recebeu ótimo passe de Éverton Ribeiro e bateu para fora. O Vitória seguia sem levar o menor perigo para o gol defendido por Diego Alves, enquanto o time carioca desperdiçava boas chances de ampliar a vantagem.

Aos 34 minutos, Diego recebeu sem marcação e chutou forte, assustando o goleiro Ronaldo que apenas olhou a bola passar perto da sua trave. Logo depois, o colombiano Marlos que entrou na vaga de Vitinho, recebeu na intermediária, se livrou de quarto marcadores, mas foi bloqueado na hora da conclusão. Aos 39, o Vitória conseguiu levar perigo pela primeira vez no jogo com um chute de Lucas Fernandes que Diego Alves defendeu. No final, o Flamengo apenas tocou a bola para manter a vantagem, enquanto o Vitória não mostrava competência para estragar a festa carioca.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 0 VITÓRIA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 23 de agosto de 2018 (Quinta-feira)
Horário: 19h30(de Brasília)
Público: 48.757 pagantes
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Bruno Boschilia (Fifa-PR)
Cartão Amarelo: Éverton Ribeiro, Cuellar(Fla);Yago, Lucas Ribeiro(Vit)
Gol:
FLAMENGO: Diego, aos 40 minutos do primeiro tempo

FLAMENGO: Diego Alves, Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá(Piris da Motta), Diego, Everton Ribeiro e Vitinho(Marlos); Henrique Dourado(Lincoln)
Técnico: Maurício Barbieri

VITÓRIA: Ronaldo, Jeferson, Aderllan(Ruan Renato), Lucas Ribeiro e Benitez; Arouca(Willian Farias), Rodrigo Andrade(Lucas Fernandes), Yago e Léo Gomes; Neilton e Léo Ceará
Técnico: Paulo César Carpegiani

2 minutos com Nicola – Dinheiro do Vasco pode acabar?

Leia também