Diego Costa se prepara para se consolidar como um dos líderes do elenco do São Paulo em 2023

Diego Costa foi peça importante do São Paulo nesta temporada (Foto: Divulgação/São Paulo)


Diego Costa pode ter em 2023 um de seus melhores anos como profissional do São Paulo. Isso porque o zagueiro trabalha para se recuperar fisicamente e assumir um papel de liderança no elenco de Rogério Ceni, apesar da pouca idade.

O beque de 23 anos já foi peça importante da equipe nesta temporada, assumindo, inclusive, o posto de capitão em algumas partidas da equipe. O momento se torna ainda mais importante para o jogador em razão das poucas opções de zagueiros no time.

> Veja a tabela do Campeonato Paulista 2023


> Acompanhe a movimentação dos jogadores entres os clubes nacionais e internacionais

Desde que Diego Costa foi diagnosticado com tendinite, no início de outubro, e perdeu a sequência final de jogos do ano, Rogério Ceni precisou mexer na equipe, e acabou dando mais oportunidades a Ferraresi, além de Léo e Luizão, que já não estão mais na equipe.

Além disso, o treinador também improvisou Rafinha no setor, o que deixou ainda mais evidente a falta que Diego Costa fez ao se tornar um desfalque.

Por isso, o jogador, que passou por um procedimento para retirada de fragmento ósseo do joelho esquerdo, iniciou na semana passada o processo de recuperação no Reffis sob os cuidados dos fisioterapeutas, e busca se recuperar o quanto antes.

Atualmente, o setor de maior carência no Tricolor é justamente o da zaga. Com as saídas de Miranda, Luizão e Léo, as opções do técnico Rogério Ceni são poucas, já que o treinador tem apenas Ferraresi, Arboleda, Walce, que pode ser emprestado, e Beraldo, que foi liberado da Seleção Brasileira sub-20, à disposição.

Por conta da escassez na posição, o zagueiro argentino Alan Franco, de 26 anos, que pertence ao Atlanta United, dos Estados Unidos, é prioridade da diretoria do São Paulo para a próxima temporada.