Diego Costa revela problemas com Antonio Conte, no Chelsea, e Felipão


Diego Costa, o polêmico atacante espanhol que atua pelo Atlético de Madrid, conversou com a “Espn Brasil” e revelou questões como seu relacionamento com o técnico Antonio Conte no período em que esteve no Chelsea. Apesar dos problemas, o centroavante elogia o trabalho do comandante, mas diz onde o italiano não teria espaço no futebol.

- Ele e eu tivemos problemas fora do campo, mas ele era um bom treinador. Não guardo rancor, mas para ser um treinador realmente importante tem que mudar algo do lado humano nos seus treinamentos. Creio que em um clube como o Real Madrid, ele não duraria uma temporada.

O brasileiro naturalizado espanhol também explica a polêmica sobre optar por jogar com a seleção roja ao invés de vestir a camisa do Brasil.

- Quando estava na Seleção (Brasileira), Felipão me disse que eu era o único jogador de Jorge Mendes convocado. Que história é essa? Se você me convocou pelos negócios, estou no lugar errado. A possibilidade da Espanha surgiu, eu aceitei. Logo depois, começaram a dizer que Felipão me queria. Não me chamou uma vez.

Diego Costa só participou de dois jogos com a camisa canarinho e em jogos amistosos, por isso pôde jogar com a seleção espanhola. Na entrevista, o atacante também disse que o momento mais triste da sua carreira foi ter se machucado perto da final da Liga dos Campeões em 2014 e, após ter feito tratamento para se recuperar, conseguiu participar apenas de 10 minutos da decisão.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também