Diego Costa rescinde contrato com o Atlético de Madrid

·1 minuto de leitura
Diego Costa celebra um gol pelo Atlético de Madrid contra o Elche, pelo Campeonato Espanhol em 2020

O atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa, de 32 anos, rescindiu contrato com o Atlético de Madrid, anunciou nesta terça-feira o clube espanhol.

“O Atlético de Madrid e Diego Costa chegaram a um acordo para a rescisão do contrato do atacante, que terminaria em 30 de junho de 2021. O jogador brasileiro naturalizado espanhol pediu para deixar o clube por motivos pessoais há poucos dias e assinou a rescisão do contrato nesta terça-feira", indicou a equipe da capital da Espanha.

O atacante, que atuou 24 vezes pela seleção espanhola, foi submetido a uma cirurgia de hérnia de disco cervical no final de 2019 e sofreu muitas lesões em 2020. Além disso contraiu covid-19 no início da temporada e teve flebite aguda (formação de um coágulo sanguíneo no interior de uma veia) na perna direita. Ao todo, o jogador desfalcou o Atlético em doze jogos desde meados de outubro.

Segundo a imprensa espanhola, Diego Costa não treinava com os companheiros há dois dias, enquanto esperava a rescisão do contrato.

O Atlético de Madrid acatou o pedido do atacante e reduziu a multa de 25 milhões de euros (cerca de 30 milhões de dólares) para 15 milhões (18 cerca de 30 milhões de dólares), caso ele se transfira para um adversário do time na Espanha ou na Europa. A imprensa espanhola especula que o jogador deve ir para o inglês Arsenal.

Desde que chegou ao Atlético em 2006 com apenas 17 anos, o atacante disputou 215 partidas oficiais em duas etapas (2010-2014 e depois de janeiro de 2018 a janeiro de 2020), marcando 83 gols,

Diego Costa conquistou um Campeonato Espanhol (2013-2014), uma Copa do Rei (2013), uma Liga Europa (2018) e duas Supertaças Europeias (2010 e 2018).

pve/ole/gh/lca