Diego Alves lamenta erros repetidos pelo Flamengo e diz: 'Fico triste porque perdemos em 4 minutos'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Flamengo teve um dos seus piores rendimentos coletivos sob o comando de Rogério Ceni e, nesta quarta-feira, perdeu para o Atlético-MG por 2 a 1, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Mineirão. Os gols saíram em jogadas seguidas, num curto intervalo de tempo, o que fez Diego Alves lamentar ainda mais o revés, na saída do campo.

- Fico mais triste com os quatro minutos que recebemos dois gols. O jogo tem que ser de 90 minutos intensos, concentrados. Perdemos o jogo em quatro minutos, e isso vem de alguns jogos, esse começo de segundo tempo. Tem que ser corrigido porque é um detalhe importante. Perdemos três pontos, mas vamos seguir - falou Alves, ao canal "Premiere".

Capitão do time na ausência de Diego Ribas, lesionado, o camisa 1 também comentou a respeito da pressão acentuada vivida por Rogério Ceni, que conheceu a sua segunda derrota consecutiva no Brasileirão.

- A gente convive com isso o tempo todo, com pressão externa. O que a gente tenta fazer é não ser afetado por essa pressão, que existe. A gente sabe de tudo, da grandeza do clube e da pressão que é vestir essa camisa. Precisamos melhorar bastante coisa para conseguir os nossos objetivos.

- Precisamos ser coerentes. Quando ganha, é uma maravilha, a gente vem, fala. Quando perde, temos que reconhecer os méritos do adversário e reconhecer os nossos erros, para que a gente não faça novamente - emendou.

+ Veja a tabela do Brasileirão

No domingo, às 18h15, o Flamengo volta ao Maracanã para enfrentar a Chapecoense, pela 11ª rodada do Brasileiro, onde o time de Ceni está estacionado nos 12 pontos (em oito jogos).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos